a xanela malva e a cerdeira

un hábitat condenado a morte polo ladrillo

as frores da cerdeira

A CERDEIRA SAUDA Á PRIMAVERA ASÍ DE FERMOSA 

_dsc2648.jpg 

_dsc2679.jpg 

_dsc2681.jpg 

_dsc2653.jpg

_dsc2555.jpg

Lugo, 14 marzo 2008    ©xosé marra

_dsc6379.jpg

_dsc6381.jpg

_dsc6350.jpg

_dsc294600.jpg

_dsc6353.jpg

Lugo, 21 marzo 2008    ©xosé marra

 

Março 14, 2008 - Posted by | cerdeira, flora

2 comentários »

  1. quizá xa non exista esta cerdeira (dun antigo patio teu?) mais era unha exhibicionista! provocando no medio dos tellados coa súa fermosura

    Comentar por zeltia | Abril 22, 2015 | Responder

  2. Alí vivín con ela 22 anos, pero sigue resistindo…

    Comentar por untalmarra | Abril 22, 2015 | Responder


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

<span>%d</span> bloggers like this: